Make your own free website on Tripod.com

Ships-navios Madeira

Saipem 7000 o 2º maior guindaste flutuante do mundo no Funchal Disney Dream in Port Canaveral (Jan. 4, 2011) Oasis of the Seas Naviera Armas (Canary Islands) The International Airport of Madeira

A verdadeira história do Iate "APOLLO"

L. RON HUBBARD
lrhcopy.jpg

Na imagem da concentração de navios no fim do ano de 1969, o iate Apollo é o mais pequeno de todos.
Navios presentes: Ancerville - Andes - Funchal - Hamburg - Irpinia - Franconia - Empress of Canada- Apollo - Vera Cruz - Angra do Heroismo, e uma unidade militar da Marinha Portuguesa.

21.jpg

Apollo was sold to Ron Hubbard of Scientology fame
iateapollo2.jpg
She was scrapped in Texas in 1984

Navio construido em 1936 na Irlanda, cidade de Belfast.
Registo: Panamá
Tonelagem GT: 3.240 tns
Velocidade: 19 nós
Dimensões: Comp. 103 m x boca 14,6 m x calado 5 m
Tripulaçao: 250 a 300 pessoas (variável)
O Apollo foi adquirido em 1968 por Lafayette Ronald Hubbard (OTC Operation and Transport Corporation Ltd)

O Apollo era o maior iate da frota da orgnizaçao OTC Lda. uma companhia internacional especializada no fretamento de navios, à administração destes, assim como a administraçao de empresas, ao treino de peritos em assuntos marítimos e ao ensino de técnicas de gestão de negócios.

O iate Apollo estava pintado de branco da popa à proa, e circundado por uma faixa dourada, a cor do Deus do Sol na mitologia Grega, de onde lhe advém o nome. O antigo Deus Grego e também o Deus da Sabedoria e da Poesia, da coragem, da realizaçao pessoal, e dos altos padrões da Ética.

Frequentava o Porto do Funchal com estadias prolongadas desde o ano de 1969.
Os porões e as zonas anteriormente destinadas à carga foram convertidos em escritorios e salas de aula.
Na tripulação do Apollo havia peritos de todos os campos, da direcção, organização, e gestão de empresas: financeiro, contabilistico, relações publicas, análise de dados, administração de pessoal, comunicações internas de companhias, eficiencia de produtividade, promoção, publicidade, vendas, treino e outros.
Grupos de analistas de informática, e estatística, programadores de gestão, e consultores, tecnicos de publicidade e supervisores de treino maritimo, e administrativo trabalham por turnos durante as 24 horas do dia a fim de servirem os seus clientes de todo o Mundo.
O iate Apollo era sobejamente conhecido como o maior empreendimento flutuante do Mundo.
O agrupamento musical do navio "Apollo Stars" dava espectáculos gratuitos, geralmente no auditório do Jardim Municipal e no próprio navio.
Os madeirenses visitavam o navio e havia exposições de ideias, produtos e inclusive uma grande biblioteca. No dia 3 de Outubro de 1974 o navio foi atacado, na zona onde habitualmente atraca o ferry "Lobo Marinho" no Porto do Funchal

,

por um grupo de cerca de 100 pessoas afectas a um movimento politico de extrema esquerda e apoiantes, com apedrejamento e lançando as 2 viaturas ligeiras, motorizadas e bicicletas dos tripulantes ao mar. Bill Robertson capitão do Apollo ordenou a tripulação para responder com jactos de água e das pedras que iam caindo a bordo algumas foram devolvidas. 

Uma das pedras atingiu o maxilar, de uma tripulante Kima Douglas, provocando fractura.

L. Ron Hubbard encontrava-se a bordo, e obteve fotos do motim. Entretanto a polícia interviu, serenando os ânimos . As autoridades exigiram a Hubbard que entregasse os rolos de fotografias. Hubbard entregou 2 rolos de fotografias, posteriormente constatou-se que os rolos não tinham sido usados. 

Posteriormente os atacantes conseguiram cortar as amarras do navio, ficando este à deriva durante algum tempo, enquanto a bordo colocavam os motores a funcionar.

A banda musical "Apollo Stars" dava um festival de Rock no Auditório do Jardim Municipal do Funchal na altura do ataque ao navio, e neste evento encontrava-se Mary Sue esposa de L.R. Hubbard.
Os atacantes acreditavam que o navio pertencia à CIA.
No Largo Jaime Moniz havia um escritório (Cindusta) que dava apoio ao navio, que também foi afectado pela onda de violência.
O Apollo partiu de vez no dia 10/10/1974 do fundeadouro, perto do Hotel Reid's, onde se encontrava ancorado desde o dia do ataque, rumo a Cabo Verde (informaçao da rota comunicada à Capitania do Funchal).
L. Ron Hubbard tambem tinha actividades religiosas, e inicialmente em 1970 teve problemas com o governo Grego, e o Iate Apollo teve que abandonar o Mediterraneo, até a chegada às Bahamas em Outubro de 1975, um ano depois de abandonar a Madeira.
Zona de operaçoes do navio: Lisboa, Porto, Setubal, Marrocos, Canárias, Madeira e uma ou duas vezes Ponta Delgada, de 1969 a 1974.
No ano de 1975 L. Ron Hubbard assenta a base de actividades em terra (EUA).
No dia 7 julho 1977 o FBI invadiu as igrejas controladas por L. Ron Hubbard, em Los Angeles e a C.C. de Washington.
Posteriormente dedica-se ao filme "Revolt In The Stars" com enredo da sua autoria, entre outras actividades religiosas e comerciais.
O percursso da vida de L. Ron Hubbard sem dúvida que foi muito agitado.
O Iate Apollo foi desmantelado no Texas no ano de 1984.

Cientologia (Scientology) (ל. רון האברד, המקור והמײסד של סײנטולוגיה)
O que John Travolta, Tom Cruise, Michael Jackson, Juliette Lewis, Anne Archer e Lisa-Marie Presley têm em comum? Além da fama e do dinheiro, são adeptos da mesma religião: a Cientologia, cada vez mais famosa entre os artistas de Hollywood. De onde surgiu? O que ensina esse movimento? Por que as pessoas estão dispostas a gastar grandes somas em dinheiro para participar dos seus cursos?
Fundada em 1954, no Estado da Califórnia (EUA), o idealizador do movimento é o filósofo Lafayette Ron Hubbard (1911-1986), investigador/escritor, Hubbard consagrou-se nas décadas de 30 e 40 como um prolixo escritor de ficção científica, filho de um comandante da marinha norte-americana. Segundo publicações da Cientologia ele seria formado em engenharia civil, com especialização em física nuclear, pela Universidade George Washington.

Há uns anos, a Igreja possuía grande influência junto dos governos da Rodésia e de Marrocos, mas acabou por ser afastada pelas autoridades. Entretanto, nos últimos tempos, a IC tem vindo a reclamar uma grande influência junto das autoridades colombianas e albanesas, fruto da situação política que se vive naqueles países. A revista Prosperity, editada pela organização WISE, reclama também a aplicação da tecnologia Hubbard de gestão no National Finance Bank e outras instituições mexicanas, além de actuar na Republica Checa. Com o desmoronar do bloco de Leste a Cientologia encontra agora uma vasta área onde pode aumentar a sua expansão, embora continue a tentar implantar-se também noutras zonas. Estes foram os avanços anunciados em 1994: Sérvia, Emirados Árabes Unidos, Lesoto, Croácia, Arábia Saudita, Djibouti, Gabão, Cazaquistão, Macedónia, Moçambique, Uzbequistão, Lituânia, reconhecimento na Albânia e na Rússia. Há mesmo notícias de uma implantação em grande escala, apoiada pelo Presidente da Câmara, na cidade russa de Perm...


Desde pequeno, Hubbard costumava viajar com seu pai aos países do Oriente, o que despertou o seu interesse por diversas culturas e crenças. Mais tarde, estudou engenharia e física nuclear. Em 1950, ele publica o livro "Dianética: a Ciência moderna e a saúde mental"3 , que se tornou uma autoridade da Cientologia. Em 1959, mudou-se para a Inglaterra e, devido à forte oposição às suas ideias, abandonou este país em 1966, passando a viver a bordo do Iate Apolo, cercado de discípulos. Em 1967, começou a dirigir a Sea organization ( "Organização do mar"), sua congregação religiosa dentro da "Igreja da Cientologia".
Em 1983 depois de ter viajado intensamente pela California, fixou residência na cidade de Creston EUA, terminando as suas pesquisas.
Faleceu aos 74 anos, no dia 24 de Janeiro de 1986, devido a uma hemorragia cerebral e as suas cinzas foram lançadas ao mar no Oceano Pacífico, deixando mais de seis milhões de adeptos no mundo inteiro.

Notas: mais de 110 milhões de livros em circulação deste autor.

Visitei o navio mais do que uma vez e numa das visitas o Sr. Hubbard cumprimentou-me com um aperto de mão amistoso à entrada do navio.
O comandante Hubbard era muito atencioso para com os visitantes do navio, aliás toda a tripulação.
Eu apreciava muito a música Rock tocada pelo agrupamento "Apollo Stars", na altura na Madeira, (em 1974 tinha 18 anos) praticamente não havia espectáculos musicais de outras bandas. Era um luxo!

Paulo Farinha
4 de Fevereiro de 2006
(©) Text Copyright; Texto, e imagens com direitos: Paulo Farinha

1951-1966
Founding the Scientology religion
What Is Scientology?
Introduction to Scientology

The word Scientology literally means "the study of truth." It comes from the Latin word "scio" meaning "knowing in the fullest sense of the word" and the Greek word "logos" meaning "study of."

Scientology is the study and handling of the spirit in relationship to itself, others and all of life. The religion comprises a body of knowledge extending from certain fundamental truths. Prime among these:

Man is an immortal, spiritual being. His experience extends well beyond a single lifetime. His capabilities are unlimited, even if not presently realized and those capabilities can be realized. He is able to not only solve his own problems, accomplish his goals and gain lasting happiness, but also achieve new, higher states of awareness and ability.

In Scientology no one is asked to accept anything as belief or on faith. That which is true for you is what you have observed to be true. An individual discovers for himself that Scientology works by personally applying its principles and observing or experiencing results.

Through Scientology, people all over the world are achieving the long-sought goal of true spiritual release and freedom.

A SZCIENTOLÓGIA LEÍRÁSA

Szcientológia: Scio (latin) tud; a logos (görög) a szó vagy a külső forma, ami által a belső gondolat kifejeződik és ismert lesz. Így a Szcientológia azt jelenti: tudni a tudásról.

a
Szcientológia egy huszadik századi vallás. Bizonyos alapigazságokból kiindulva hatalmas tudást ölel fel. Ezen igazságok közül a legelső: az ember szellemi lény, olyan képességekkel felruházva, amelyek jóval felülmúlják azokat, amiket rendszerint elképzel. Nemcsak hogy képes megoldani saját problémáit, elérni céljait és tartós boldogságot szerezni, hanem olyan új tudatossági állapotokhoz is eljuthat, amelyekről még csak nem is álmodta soha, hogy létezhetnek.

Ilyen vagy olyan formában az összes nagy vallás tartalmazza a szellemi szabadság reményét – egy állapotot, amely mentes az anyagi korlátoktól és nyomorúságtól. A kérdés mindig az volt ennek kapcsán, hogy hogyan érjen el az ember ilyen állapotot, különösen ha egy őrjöngő és gyakran lehengerlő társadalom közepén él.

Noha úgy tűnik, hogy a modern élet a problémák végtelenül komplex sorát hozza létre, a Szcientológia fenntartja azt, hogy a megoldások ezekre a problémákra alapvetően egyszerűek, és hogy minden egyes ember hatókörén belül vannak. Kommunikációs és személyes kapcsolatokat érintő nehézségek és gyötrő bizonytalanságok, önbizalomhiány és kétségbeesés – minden embernek megvan a lehetősége, hogy megszabaduljon ezektől és sok más aggodalomtól.

Nome
Email
Telemóvel
Comentário
Deseja receber newsletter mensal ?
  

RETURN

2003-06-17 20:26
Exclusivo TVI
Navio do terror

Um barco alegadamente utilizado para práticas pedófilas e rituais satânicos esteve atracado em Portugal.
[ Última actualização às 20:26 do dia 17/06/2003 ]
Um navio de nome «Apollo» foi utilizado em águas portuguesas para fotografar e filmar crianças em cenas de sexo. As crianças eram ainda sujeitas a rituais satânicos.

O navio, que alegadamente servia de fachada para práticas pedófilas, terá passado por Lisboa e atracado, durante alguns dias, na Madeira. Tudo indica que uma seita poderosa esteja envolvida nesta rede, que terá escolhido Portugal como um dos roteiros.

Milhares das imagens recolhidas no «Apollo» estarão actualmente a ser vendidas e trocadas entre pedófilos. Sobreviventes do «Apollo», na altura ainda crianças, relatam agora histórias de verdadeiro terror.

A TVI tentou obter esclarecimentos da Polícia Judiciária sobre este caso, mas a PJ não se disponibilizou para o fazer. Mas a TVI sabe que, na altura em que o «Apollo» atracou no Funchal, organizações não governamentais que lutam noutros países contra a pedofilia, denunciaram a situação às autoridades da Madeira. A TVI apurou também que a PJ da Madeira chegou mesmo a fazer algumas diligências, mas que acabaram por não dar em nada. A TVI sabe ainda que, quando as investigações começaram, o navio zarpou para outras paragens.

Resposta a esta reportagem da TVI
Email enviado no dia 9/02/2006 na própria página da Internet da TVI

Aqui na Madeira, a esquerda conotava o navio com a CIA. Eu
que sou da direita, nunca ouvi falar em algo mais! visitava
o navio e nunca me apercebi daquilo que a TVI denuncia na
reportagem do dia 17/06/2003. O navio antes de começar a
frequentar a Madeira aportava nos portos de Setubal e
Lisboa. A TVI na reportagem anuncia que (O navio, que
alegadamente servia de fachada para práticas pedófilas,
terá passado por Lisboa e atracado, durante alguns dias,
na Madeira.) É falso na medida que o navio frequentava o
Porto do Funchal (várias vezes) com escalas prolongadas.
De qualquer forma, convido-vos a visitar o meu site
http://farinha0.tripod.com/id11.html onde poderão encontrar
a verdadeira história do Iate "APOLLO"
Paulo Farinha

Direitos reservados. Este site promocional constitui propriedade intelectual do autor e não pode ser reproduzido total ou parcialmente sem autorização do autor, sob pena de punição de acordo com a legislação em vigor. Copyright © 2005-2006 Paulo Farinha. All rights reserved.